mar 20, 2019 / by cedaps_jc2013 / No Comments

Na última quarta-feira (13), recebemos no CEDAPS para uma roda de conversa com os jovens participantes do Programa Jovens Construtores, a representante do UNICEF no Brasil, Florence Bauer. Os desafios enfrentados pelos jovens para inserção no mundo do trabalho foi a principal temática.

“É essencial ouvirmos os enormes desafios que os jovens vivenciam no seu dia-a-dia”, destaca Florence. Por meio da Plataforma dos Centros Urbanos, o UNICEF junto com parceiros tem atuado na cidade do Rio de Janeiro para promover os direitos de cada criança e adolescente, especialmente os mais excluídos e vulneráveis.

Dentre os temas abordados no encontro estavam a qualidade da educação, segurança e, especialmente, preconceito racial.

Os jovens destacaram o preconceito com o morador de favela, como por exemplo, a dificuldade de conseguir um emprego quando o endereço no currículo é o da comunidade. E também a precariedade dos serviços públicos nesses territórios, correspondências e entregas só são levadas na associação de moradores, que pode ficar em pontos distantes para muitos residentes.

Arthur Felizardo, jovem construtor morador do Morro dos Prazeres, comunidade localizada no bairro de Santa Teresa, ressalta a dificuldade com o transporte público:

“Para nós que moramos no Prazeres, é complicado qualquer oportunidade à noite porque o transporte público é ruim. Caso a pessoa tenha dinheiro para pedir um uber ou táxi, muitos motoristas se recusam a levar, alegam a dificuldade de circular no bairro por causa da falta de segurança e também por possuir trilhos de bonde”.

Hudson Pereira, jovem construtor da Mangueira, relatou como a falta de estrutura e rede de apoio para a família, afeta o desenvolvimento do jovem como cidadão:

“Meu irmão entrou para o crime e levou um tiro de um policial como castigo. Eu sempre cuidei dos meus irmãos para minha mãe poder trabalhar e nos manter, eu tentei o máximo que pude, mas não consegui impedir que meu irmão passasse por isso”.

No fim do encontro a criação de uma rede de jovens, foi um das recomendações, para proteção e empoderamento dos mesmos, além da redução das vulnerabilidades as quais estão expostos.

.

.

.

O Programa Jovens Construtores no Brasil é uma realização do CEDAPS com assessoria do YouthBuild International. Atua em territórios populares acreditando no potencial e na vontade de mudança da juventude que vive nessas comunidades.

Jovens Construtores posam com as equipes de das duas organizações, em almoço na sede do UNICEF Rio.

 

Jovens reunidos com Florence Bauer, representante do UNICEF Brasil.

Tags: